4 ferramentas de marketing digital que todo afiliado deveria usar

as melhores ferramentas de marketing digital

É fato que todo afiliado que almeja sucesso precisa de um site ou blog, porém, seus resultados vão ser os mesmos caso não saiba empregar as técnicas de Marketing Digital. A questão é que hoje são disponibilizadas muitas ferramentas para tornar o trabalho online mais profissional, mas será que você conhece essas ferramentas e sabe todo potencial que elas têm?

Não precisa nem procurar muito na internet para encontrar amadores, e talvez você seja um amador, mas não se assuste, não há problema nenhum em ser um amador, desde que você transpareça profissionalismo para seus clientes, mas claro, sem enganar, sendo sincero.

E é justamente “transparecer profissionalismo” que você vai aprender aqui, vou listar quatro ferramentas que vão ajudar muito na sua carreira de trabalhos online:

 1º Pinterest

A ferramenta que tem se ouvido muito falar o Pinterest, que chegou ao mercado com grandes promessas de otimizações, mas o qual o real conceito dessa ferramenta? Podemos dizer que é uma rede social, isso mesmo, uma rede social que vai permitir ao usuário partilhar várias fotos e vídeos e tudo isso em diferentes murais, que vão ser classificados de acordo com os gostos de cada utilizador da nova rede social.

Em algum momento esse foi um grande sonho, um local na internet onde fosse possível montar vários murais de fotos e além disso, compartilhar e fazer com que essa ferramenta se interagisse com outras grandes redes sociais. E pensando dessa forma que o Pintrest foi criado, e hoje constitui em uma ótima ferramenta para quem produz conteúdo digital, vale a pena desfrutar de tudo que a ferramenta tem a oferecer.

É fato que a rede social é um verdadeiro mar, no quesito fotos, e é ótimo tanto para aqueles que estão chegando agora no meio digital e precisam de algumas dicas e ideias, como para aqueles que são mais experientes, se produz conteúdo digital, não deixe de se registar no Pintrest.

 2º Hootsuite

Considerado como o principal cliente das redes sociais o Hootsuite, é uma ferramenta de gestão para redes sociais, que promete economizar muito trabalho.

Aplicando a ferramenta você pode fazer postagens simultâneas em várias redes sociais, além disso, pode também agendar as postagens, economizando tempo e fazendo com que trabalhe menos, e os resultados seriam os mesmos de ter todo trabalho para postar a mesma coisa em diversos lugares.

 3º Camtasia

É uma ferramenta de edição de vídeos para tutoriais, está é a ferramenta que eu utilizo e mais indico, de fácil aplicabilidade e muito intuitiva, requer apenas um pouco de pesquisa.

Mas a real questão é que você precisa de uma ferramenta para edição de vídeos e tutorias, pois a soma da publicação de vídeos com o restante dos anúncios que você vai definir quando fizer um plano de marketing, vai fazer uma grande diferença na receita total.

Não despreze essa dica, pelo contrário, busque mais informação sobre ferramentas que fazem este serviço, você vai encontrar ótimas ferramentas gratuitas que podem te ajudar. Vale a pena conferir.

 4º E-mail Marketing

Não pule está dica, pelo contrário leia ela até o final. Primeiramente veja que o nome não é apenas “e-mail” mas sim “e-mail marketing” , então não pense que só porque sabe mandar e-mails vai conseguir produzir um bom e-mail marketing, e tire da sua cabeça a ideia fixa que esta ferramenta não propicia nenhuma diferença nos resultados.

O primeiro passo para construir um bom e-mail marketing é saber persuadir seus clientes e também ter uma boa ideia, e claro ter clientes para enviar o e-mail. Faça uma boa carteira de clientes, invista seu tempo editando algumas imagens, de forma bem profissional, claro, e então espalhe seu e-mail marketing.

Não tenho dúvida que um bom e-mail marketing, aliado ao profissionalismo que sua página de vendas ou blog transmitir vão alavancar seus resultados, então, não perca esta dica.

descubra as ferramentas de marketing digital

Bônus

Além dessas ferramentas que citamos, existem muitas outras que todo afiliado deveria usar para diminuir a impressão de amadorismo, aumentar a seriedade e consequentemente a receita líquida. Por isso, decidi listar mais duas ferramentas ótimas, são elas:

  • Canva: se não tem domínio com editores de foto como photoshop ou similares, o canva é a ferramenta ideal para você, a ferramenta consiste em um software de edição gráfica, mas claro, com bem menos complexidade que as ferramentas tradicionais. E é importante ressaltar que a ferramenta é gratuita.
  • Picmonkey: é uma ferramenta de edição de imagens online, não precisa baixar a ferramenta no seu computador ou notebook, no próprio navegador você abre e edita a imagem. É muito pratica e oferece uma grande variedade de opções de edição.

É muito importante a criação de Flyer para divulgação de produtos, um Flyer bem feito pode gerar vendas, mas um Flyer amador vai gerar falta de interesse e afastamento do seu cliente, então, antes de divulgar seus produtos, ache uma ferramenta de edição, seja profissional.

Guia para trabalhar em casa, clique aqui.

 Por Fim…

Concluímos que todas as ferramentas que foram supracitadas devem ser empregadas para se ter um aumento considerável nos resultados. Não ache que empregando apenas uma ou duas ferramentas vai conseguir alavancar sua receita. Entenda que elas se completam e que uma ferramenta auxilia outra.

Outra importante dica é que você não deve empregar todas as ferramentas de uma só vez, isso pode prejudicar ao invés de ajudar, mesmo que precise de resultados imediatamente, tenha calma, estude, se planeje e só então aplique as ferramentas.

Por fim, não deixe de aproveitar todos os recursos que são oferecidos para seu trabalho na internet, mas se tiver que investir, não tenha medo, pois quem planta dinheiro vai colher dinheiro, mas saiba onde está investindo, tenha calma, e seja ousado, destaque-se e sem dúvida, seus resultados vão ser diferentes. Boa Sorte!

 

Dicas para ter uma alta performance mesmo sem tempo livre – Trabalhar em Casa

trabalhar em casa com produtividade

Está cansado de não conseguir aumentar a sua produtividade no trabalho e não sabe como driblar essa situação? Ter uma alta performance no trabalho é um dos maiores desafios que enfrentamos no dia a dia profissional, principalmente se temos pouco tempo livre, ou praticamente nenhum.

Atualmente, a instantaneidade das informações é intensa, e como recebemos tantas notícias todo o tempo, é claro que sentimos que o tempo passa cada vez mais rápido. Além disso, é lógico que sintamos que precisaríamos de dias com mais de 24h para poder cumprir com todas as nossas obrigações.

Para saber como ter uma alta performance mesmo sem tempo livre, você precisa ler esse artigo que preparamos. Está excelente e poderá ser o passo inicial para a mudança da sua produtividade profissional! Leia agora:

 

  • A palavra de ordem: produtividade

Para desempenhar uma alta performance com pouco tempo livre, você deve ter em mente o conceito da produtividade, que deve ser a sua melhor amiga daqui pra frente. Quando falamos sobre esse termo, provavelmente sabemos o que é e o que significa, mas não conseguimos transmitir em palavras, correto? Então é hora de saber.

A produtividade está vinculada com a utilização consciente de uma mínima quantidade de recursos para conseguir atingir os melhores resultados. E isso não se trata de circunstancia ou coincidência, mas sim de ser produtivo propositalmente.

É praticamente impossível que uma pessoa seja produtiva 24 horas por dia, portanto o segredo da alta performance é conseguir identificar os momentos do seu dia em que você se sente mais produtivo – focado em realizar tarefas. Durante esses períodos, pode ser até mesmo de 1h30m apenas, cumpra com os deveres mais difíceis do dia.

  • Planejamento prévio

O planejamento detalhado do seu dia é a melhor estratégia para incentivar a alta performance, já que permitirá que você controle as tarefas a serem feitas e o tempo que espera levar para finalizá-las. Organize por ordem de importância e funcionalidade. Mais adiante iremos falar de ferramentas online que poderão lhe ajudar a gestar o seu tempo em função das obrigações.

​​

  • Segmente as suas tarefas

A alta performance está diretamente vinculada à produtividade, mas em nenhum momento o “ser produtivo” pode ser considerado sinônimo de “ser multitarefa”. O ideal é que todas as tarefas que forem iniciadas, também sejam finalizadas em seguida. Condicione-se a isso e veja como se tornará um hábito e melhorará a sua capacidade de foco nos objetivos.

Se você realiza um trabalho repetitivo (com tarefas similares e de mesma importância, por exemplo), coloque-se um período de tempo limite para terminar cada uma delas, como 15 ou 25 minutos, por exemplo. Seja coerente e sinta que está se desafiando mais a cada dia que passa – além de economizar no tempo.

 

  • Prioridades: o que fazer primeiro e o que deixar por último?

Não há nada mais frustrante do que se dedicar ao máximo a cumprir com uma tarefa que não deveria ter sido feite, mas poderia ficar pior se existisse outra obrigação que demandasse mais urgência.

Defina prioridades (no dia anterior) e deixe o mais fácil para o final, sempre tentando cumprir com os tempos propostos para o término de cada um. Ao final do dia sempre estamos mais cansados e estressados do que no início, então é muito lógico que a produtividade diminua e nos distanciemos ainda mais da alta performance.

  • Comportamentos inimigos da produtividade

Os nossos pensamentos, sentimentos e condutas estão intimamente relacionados e eles se influenciam mutuamente. Precisamos do emocional estável e um pensamento organizado e focado para termos uma alta performance, portanto existem condutas que podem influenciar negativamente nisso. Veja quais são esses hábitos:

  • Abrir e-mail em horários que não poderá responder.
  • Ficar todo o tempo de olho no celular e redes sociais.
  • Gastar muito tempo em tarefas de menor importância.
  • Levantar-se todo o tempo para pegar água ou qualquer outra cosa.
  • Não descansar o suficiente e dormir pouco.
  • Procrastinar e dar ouvidos às distrações.
  • Trabalhar o dia inteiro em uma mesma posição.
  • Ver televisão ao mesmo tempo em que trabalha.

trabalhar em casa com alta performance

  • Implantando softwares que ajudam na gestão do tempo

Existem algumas ferramentas digitais que poderão lhe ajudar a conquistar uma alta performance mesmo sem tempo livre, sendo que alguma são gratuitas e outras requerem um investimento inicial. Confira:

  • Dropbox: sincronizar documentos importantes na nuvem, permite que terceiros façam download.
  • Evernote: anotar ideias que surgem a qualquer momento.
  • Google Drive: guardar documentos importantes na nuvem, permite compartilhar entre pessoas.
  • Password: gerencia todas as suas senhas.
  • Pocket: salvar materiais para ler posteriormente off-line.
  • Pomodoro Timer: segmentador de tarefas por tempo definido por você, com intervalos de descanso entre tarefas também cronometrados.
  • Sunrise Calendar: calendário corporativo, pessoal, familiar e de tarefas para cumprir.
  • Todoist: organizador de tarefas que funciona online e off-line.
  • Trello: organizador de tarefas em função do tempo.
  • Video Speed Controller: acelerador de vídeos online, otimiza tempo de consumo

Trabalhar em casa, requer uma alta performance.

Agora que você já sabe como ter uma alta performance mesmo sem tempo livre, o acumulo de tarefas do seu trabalho estarão sem justificativa. Comece, aos poucos, a colocar em prática o que aprendeu aqui e depois motive outras pessoas com a sua experiência!

Como um empreendedor deve fazer a gestão financeira de seu negócio online

Aprenda a fazer gestão financeira

Planilhas e atenção ao fluxo, assim como nos negócios físicos, são as chaves para um empreendimento online rentável. Ainda assim, muito mais deve ser feito para manter a gestão financeira de seu negócio saudável.

Lápis sempre apontado

Assim como em qualquer negócio, manter o controle do fluxo de dinheiro que o empreendimento contabiliza é uma das atividades que um empreendedor deve fazer para se obter uma gestão financeira de seu negócio online. Planilhas contendo os gastos corriqueiros ou inesperados facilitam a leitura da fluidez do negócio, não deixando que as despesas suguem de forma surpreendente os lucros estimados.

Sendo assim, nada como organizar as contas em arquivos do Excel e também em cadernos, que podem facilitar o acesso às informação em qualquer momento do dia.

Mantendo os números pessoais longe dos empresarias

De acordo com consultores, é extremamente natural (e errado) que empresários autônomos coloquem todo dinheiro que cai das transações realizadas, no bolso, sem separar o é fixo da empresa, o que vem dos fornecedores, das contas mensais do próprio indivíduo.

Algo que deve ser feito durante o processo de profissionalização é a separação do dinheiro individual e do empreendimento. Para fazer a gestão financeira de seu negócio, é altamente aconselhável manter contas separadas no banco, já que estamos falando de despesas diferentes e da otimização na hora da interpretação desses números, que podem facilitar e muito o gerenciamento dessas contas.

 Apertar o cinto

Economizar e segurar a onda em momentos decisivos pode fazer a diferença no sucesso da gestão financeira de um negócio online. Pode parecer óbvio, mas muitas vezes o empreendedor acaba gastando o que parece, naquele momento, ser justo para ele, mas que poderia ser negociado, até entrar em uma precificação mais condizente com o investimento.

Cada recurso deve ser altamente estimado, o desperdício de dinheiro toda vez que se entra em uma negociação, mesmo que em pequenas quantidades, pode ser crucial para a derrocada do empreendimento.

Quer saber como trabalhar em casa?

Pesquisas apontam que mais de 70% dos negócios online não suportam mais do que um ano no mercado, o que diz muito sobre um nicho que ainda será muito explorado.

Atenção a tudo

O mais importante é não baixar a guarda, nunca. Ficar atento às ferramentas de gestão financeira do negócio que aparecem com frequência, evitando sempre ficar desatualizado com as facilidades que você pode adquirir obtendo programas e aplicativos que facilitam muito a vida e a organização do empreendedor. Neste caso, não é apenas o dinheiro que importa, mas também a quantidade de visitas que a página recebe, quanto tempo cada visitante fica, a forma de atuação deles (comentários, métricas utilizadas nas mídias sociais e informações do tipo).

A gestão financeira do negócio online também se baseia no que não tem valor monetário instantâneo, já que você pode prospectar esses clientes em um futuro próximo, tornando sua página atrativa o suficiente para chama-los de volta sempre que possível, assim como atrair novos consumidores com técnicas de SEO bem aplicadas.

Dados de 2013 da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico destacam que mais de 30 mil pessoas procuraram por informações no site da ABComm, sendo que apenas 5% desses que iniciaram o processo de criação de um comércio digital prosperaram na manutenção deles, e fazem parte (grande ou pequena) dos aproximadamente 40 bilhões de reais nas movimentações comerciais no setor.

Fica claro assim que não é nada fácil administrar a gestão financeira de seu negócio online, mas que uma vez alcançada à estabilidade no ramo, pode se tornar o empreendimento dos sonhos.

Viu, como pode ser fácil fazer a administrar a gestão financeira de seu negócio online com pequenas medidas?