Aprenda a fazer gestão financeira

Como um empreendedor deve fazer a gestão financeira de seu negócio online

Planilhas e atenção ao fluxo, assim como nos negócios físicos, são as chaves para um empreendimento online rentável. Ainda assim, muito mais deve ser feito para manter a gestão financeira de seu negócio saudável.

Lápis sempre apontado

Assim como em qualquer negócio, manter o controle do fluxo de dinheiro que o empreendimento contabiliza é uma das atividades que um empreendedor deve fazer para se obter uma gestão financeira de seu negócio online. Planilhas contendo os gastos corriqueiros ou inesperados facilitam a leitura da fluidez do negócio, não deixando que as despesas suguem de forma surpreendente os lucros estimados.

Sendo assim, nada como organizar as contas em arquivos do Excel e também em cadernos, que podem facilitar o acesso às informação em qualquer momento do dia.

Mantendo os números pessoais longe dos empresarias

De acordo com consultores, é extremamente natural (e errado) que empresários autônomos coloquem todo dinheiro que cai das transações realizadas, no bolso, sem separar o é fixo da empresa, o que vem dos fornecedores, das contas mensais do próprio indivíduo.

Algo que deve ser feito durante o processo de profissionalização é a separação do dinheiro individual e do empreendimento. Para fazer a gestão financeira de seu negócio, é altamente aconselhável manter contas separadas no banco, já que estamos falando de despesas diferentes e da otimização na hora da interpretação desses números, que podem facilitar e muito o gerenciamento dessas contas.

 Apertar o cinto

Economizar e segurar a onda em momentos decisivos pode fazer a diferença no sucesso da gestão financeira de um negócio online. Pode parecer óbvio, mas muitas vezes o empreendedor acaba gastando o que parece, naquele momento, ser justo para ele, mas que poderia ser negociado, até entrar em uma precificação mais condizente com o investimento.

Cada recurso deve ser altamente estimado, o desperdício de dinheiro toda vez que se entra em uma negociação, mesmo que em pequenas quantidades, pode ser crucial para a derrocada do empreendimento.

Quer saber como trabalhar em casa?

Pesquisas apontam que mais de 70% dos negócios online não suportam mais do que um ano no mercado, o que diz muito sobre um nicho que ainda será muito explorado.

Atenção a tudo

O mais importante é não baixar a guarda, nunca. Ficar atento às ferramentas de gestão financeira do negócio que aparecem com frequência, evitando sempre ficar desatualizado com as facilidades que você pode adquirir obtendo programas e aplicativos que facilitam muito a vida e a organização do empreendedor. Neste caso, não é apenas o dinheiro que importa, mas também a quantidade de visitas que a página recebe, quanto tempo cada visitante fica, a forma de atuação deles (comentários, métricas utilizadas nas mídias sociais e informações do tipo).

A gestão financeira do negócio online também se baseia no que não tem valor monetário instantâneo, já que você pode prospectar esses clientes em um futuro próximo, tornando sua página atrativa o suficiente para chama-los de volta sempre que possível, assim como atrair novos consumidores com técnicas de SEO bem aplicadas.

Dados de 2013 da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico destacam que mais de 30 mil pessoas procuraram por informações no site da ABComm, sendo que apenas 5% desses que iniciaram o processo de criação de um comércio digital prosperaram na manutenção deles, e fazem parte (grande ou pequena) dos aproximadamente 40 bilhões de reais nas movimentações comerciais no setor.

Fica claro assim que não é nada fácil administrar a gestão financeira de seu negócio online, mas que uma vez alcançada à estabilidade no ramo, pode se tornar o empreendimento dos sonhos.

Viu, como pode ser fácil fazer a administrar a gestão financeira de seu negócio online com pequenas medidas?

Deixe um comentário